Língua
Região
Call us on +55 31 97121 3374
Login do cliente

Hawaiian Cement

Oahu, Havaí
Baixar folheto
Download
A tecnologia CDE maximiza a produtividade e fornece solução de areias fabricadas para a Hawaiian Cement.

Tonelagem

345tph

Material

Areia e Cascalho, Agregados De Argila Encrustada, Brita, Areias Artificiais

Saída

3/4 de polegada menos | ficha 3/8 | Areia fabricada nº 4

End Use
Produção de concreto
Planta de lavagem de cimento havaiano 345tph

PROBLEMA

A Hawaiian Cement é uma fabricante integrada de materiais de construção que atende todas as principais ilhas do Havaí.

Fundada em 1959 com a construção da primeira unidade de cimento em Oahu, a Hawaiian Cement agora atua como subsidiária da Knife River Corporation, que a adquiriu em 1995. A empresa possui três divisões: a divisão de Cimento opera os terminais de distribuição de cimento em todos os principais portos do Havaí, enquanto as divisões de Concreto & Agregados localizam-se em Halawa Valley (Oahu) e na pedreira de Puunene (região no centro-norte de Maui).  

A Hawaiian Cement queria preparar suas operações para o futuro, e precisava de uma solução inovadora que fornecesse areia fabricada de alta qualidade dentro das especificações, em grandes volumes, para construir seus produtos de concreto e eliminar a necessidade de importar areia para a ilha.  

A tecnologia da CDE apresentou uma oportunidade de maximizar a produtividade através de métodos sustentáveis, proporcionando uma economia significativa e um rápido retorno sobre o investimento. 

Desafios 

A pedreira de concreto e agregados de Oahu (com aproximadamente 135 funcionários) tem capacidade para produzir mais de um milhão de toneladas de agregados por ano. Porém, a idílica localização da ilha acarreta desafios específicos para a Hawaiian Cement e sua equipe. 

Desafio 1 

A pedreira tem muito barro e material de lodo – não é ideal para a produção de concreto – e deixa um excedente de material de grau B. Além disso, existe uma moratória sobre a extração e a mineração de areia natural em Oahu. Como resultado, a qualidade de areia fabricada que era anteriormente produzida na pedreira de Halawa Valley não atendia os altos padrões da empresa, levando a uma dependência de areia importada da Columbia Britânica. A empresa estava absorvendo o custo de remessas superiores a 150.000 toneladas de areia a cada ano, a fim de sustentar suas atividades. Aliada a outros custos operacionais, essa abordagem estava se mostrando insustentável e ambientalmente incorreta, a longo prazo. 

Desafio 2 

Assim, o Gerente Geral Sean Haggerty e sua equipe queriam reduzir sua pegada de carbono. A Hawaiian Cement tem orgulho de ter sido uma líder industrial em práticas ecologicamente conscientes nos últimos 20 anos, utilizando agregados reciclados para desenvolver concreto sustentável. Nesse sentido, a empresa optou por uma solução de processamento por via úmida mais inteligente, que estivesse em harmonia com seus valores ambientais e que fosse compatível com um futuro mais ecológico. 

Desafio 3 

Além da areia importada, a água representa um enorme custo para uma empresa sediada em uma ilha. Ao proporcionar uma nova unidade de processamento por via úmida, a Hawaiian Cement queria reduzir a quantidade de água utilizada, por motivos tanto ambientais quanto financeiros. 

Solução

Sean Haggerty procurou alcançar e ultrapassar a possível taxa de produção da empresa, por meio do investimento em uma nova tecnologia para a unidade, que pudesse concretizar seu potencial sem os gastos adicionais. Eles precisavam de uma solução inovadora que oferecesse uma série de resultados. Depois de testemunhar o sucesso da unidade da empresa na ilha de Maui, Sean tinha plena confiança de que os especialistas em processamento de areia por via úmida da CDE teriam a solução. A experiência aliada ao comprovado histórico de sucesso na operação de Puunene da Hawaiian Cement fizeram com que a CDE fosse nomeada para desenvolver uma solução personalizada de processamento por via úmida para a pedreira de Halawa Valley.  

A tecnologia da CDE possibilita maximizar a produtividade através da recuperação de água e processamento por via úmida de areia fabricada nº 4, melhorando a qualidade e a quantidade da produção no local, por meio de métodos sustentáveis. 

Darren Eastwood, Diretor de Desenvolvimento de Negócios da CDE, explica: “A Hawaiian Cement já possui uma unidade da CDE muito eficaz, mas para nós cada projeto e cada unidade são exclusivos. Queríamos tomar como base algo que já estava funcionando na empresa em Maui e designar uma equipe de projeto completa para trabalhar lado a lado com eles no projeto, fabricação, instalação e comissionamento de uma solução personalizada para esta operação.” 

Sean acrescenta: “Não queríamos um maquinário padrão, já disponível no mercado. Era importante trabalharmos diretamente com o fabricante, e que este entendesse nossos objetivos. Já havíamos testemunhado o sucesso de nossa divisão de Maui, com o Presidente Jason Macy e o Gerente Geral de Maui David Gomes, mas precisávamos de recomendações e de suporte para estabelecermos este novo sistema em nossa operação de Oahu, e a CDE esteve presente em cada etapa dessa jornada.”  

Parceria no planejamento 

Sean explica: “A equipe de espelistas locais da CDE dedicou seu tempo para realmente entender nossa operação, o material de entrada e nossas necessidades, trabalhando ao nosso lado para maximizar a eficiência proveniente de nossa nova unidade e oferecer uma solução integrada mais inteligente. Trabalhamos em conjunto com uma equipe de projeto formidável e dedicada, composta por engenheiros eletricistas, engenheiros de processo, gerente técnicos, gerentes financeiros, gerentes de projeto e outros cargos. Tínhamos um ponto de contato para cada etapa. A experiência superou nossas expectativas e a promessa da empresa, estendendo-se até o atendimento pós-venda. Por estarmos em uma ilha, reconhecemos como isso pode ser difícil, mas a CDE supera-se para mitigar a inconveniência e garantir um serviço perfeito.” 

Além disso, Haggerty observa que a equipe da CDE foi extremamente receptiva às informações fornecidas pela equipe dele, especialmente quanto aos elementos que os afetariam na operação diária da unidade, como a limpeza/organização e medidas de manutenção preventiva. 


Inovação totalmente integrada 

Eoin Heron afirma que, após um processo minucioso, “Desenvolvemos uma unidade totalmente integrada, baseada na unidade de processamento por via úmida Evo-Wash™ já existente, e incluímos um M4500TM e um Agg-MaxTM. Nosso maquinário modular permitia essa integração, e foi identificado como o sistema mais eficiente para concretizar as ambições da empresa, com a inclusão adicional de um AquaCycleTM e um AquaStore para reciclar e armazenar água.” 

A unidade está produzindo até 345tph de agregados utilizados nos produtos de concreto da Hawaiian Cement, atendendo confortavelmente a demanda mensal de 60.000 toneladas de agregados.

Masterclass sobre gestão da água 

A eficiência da unidade é otimizada usando uma unidade de tratamento de águas residuais, o espessador da CDE AquaCycle, que permite a reciclagem de até 90% da água usada através de um sistema que retém os sólidos da água suja em um ambiente controlado e expulsa o lodo para os tanques de sedimentação próximos. Em uma ilha, a água representa um imenso custo, por não estar prontamente disponível. Este novo sistema era ideal para a Hawaiian Cement, pois implicava o uso de menos água da ilha onde a empresa estava localizada, fator que causava um enorme impacto ambiental. 

Personalização e preparação para o futuro 

Além de personalizar a unidade de acordo com seus objetivos empresariais, a CDE também optou por um “acabamento de acordo com especificações marítimas”, devido ao ambiente salino da ilha.  Para garantir a máxima vida útil do equipamento, foram implementadas medidas como a galvanização, tintas próprias para ambientes marítimos e parafusos de aço inoxidável, para citar algumas. 

Heron acrescenta: “A demanda global de areia de construção é superior a 15 bilhões de toneladas por ano. Nossa tecnologia sustentável, produzindo areia fabricada graduada e processada por via úmida, removeu a dependência dos recursos finitos de areia natural, que estão se tornando cada vez mais caros. Utilizando finos de britadores, normalmente de baixo valor, para a produção de areia, podemos prolongar a vida dos recursos naturais e agregar um tremendo valor comercial às empresas de nossos clientes. Foi exatamente isso o que fizemos na Hawaiian Cement.” 

Serviços pós-vendas 

O processo do pedido até a conclusão foi relativamente rápido, considerando-se a escala da tarefa em mãos, com a unidade projetada, fabricada, pré-instalada e pré-testada nas instalações de montagem da CDE. Após a entrega, a instalação e o comissionamento feitos pelos engenheiros da CDE, membros da equipe de projeto designada continuaram em Oahu por até três semanas, para garantir que a unidade estivesse totalmente operacional antes de saírem da ilha, demonstrando assim seu compromisso com um suporte dedicado. Depois que a unidade entrou em operação, o serviço CDE CustomCare assumiu o controle para oferecer um serviço de suporte e pós-vendas de qualidade superior.  

Michael Dambra, Engenheiro de Serviço Regional do CustomCare da CDE, mantém-se regularmente em contato com a equipe de Oahu, após sua visita, durante as fases de instalação e comissionamento. Ele explica: “Como a equipe pode ter dúvidas sobre peças, precisar de recomendações técnicas ou verificar os níveis de estoque, estamos em comunicação contínua com Sean e sua equipe, para garantir o funcionamento perfeito da unidade.” 

Sean Haggerty acredita que a abordagem de parceria da CDE proporciona uma sensação de segurança, o que é muito importante. “Vivemos em uma ilha e sabemos que não é fácil obtermos o que queremos localmente, mas o serviço que a CDE nos ofereceu foi completo, durante todo o ciclo de venda. A equipe de projeto aplicou-se ao máximo, permanecendo no Havaí até que estivéssemos totalmente operacionais e satisfeitos com nossa nova unidade, e estão sempre em contato conosco. É muito gratificante sabermos que temos uma equipe dedicada, prontamente disponível para qualquer necessidade.” 

Eoin Heron explica: “Nossa equipe de CustomCare oferece um serviço pós-vendas personalizado, com suporte de engenharia para a máxima tranquilidade do cliente. Temos um ponto de contato dedicado para cada cliente, que está sempre verificando se está tudo bem. A Hawaiian Cement também tem o benefício de um estoque prontamente disponível de peças comuns na América do Norte, e um histórico completo de pedidos que reduz o tempo inativo, diminui os custos de transporte e impulsiona a produtividade. A CDE pode oferecer apoio com revisões na monitoração e na otimização, para ajudar Sean e sua equipe a operarem a unidade da forma ideal – uma inovação radical, em que estamos sempre presentes oferecendo nosso suporte.” 

“Como este é o nosso terceiro projeto com Darren e sua equipe, tínhamos a certeza de que a CDE nos traria os resultados esperados, promovendo ao mesmo tempo um método mais sustentável. Sendo nossa ilha uma comunidade, há muito tempo estamos comprometidos com práticas ecológicas e a trabalhar em harmonia com nosso espírito de ‘aloha’. Assim, é ótimo trabalhar com especialistas em classificação e processamento por via úmida que estão promovendo um Novo Mundo de Recursos.”
Sean Haggerty, General Manager, Hawaiian Cement

Resultados

Na pedreira de Halawa Valley, a Hawaiian Cement está agora produzindo de ¾ de polegada para menos, lascas de ⅜ e areia fabricada nº 4. A nova unidade é capaz de limpar os materiais excedentes de grau B até um padrão que lhe permita reduzir sua dependência da areia importada da Columbia Britânica (de mais de 150.000 toneladas a cada ano para 50.000 toneladas a cada 14 meses), proporcionando uma significativa economia financeira para a empresa.  

Sean explica: “Reduzindo nossa dependência da areia importada, além de aumentar nossa oferta de produtos, a tecnologia da CDE é uma inovação radical para a Hawaiian Cement, que está instantaneamente melhorando os resultados financeiros da empresa. Já estávamos bem estabelecidos, e existe potencial para adquirirmos mais clientes e nos expandirmos para novos mercados, com novas linhas de produtos. A experiência tem sido extremamente positiva.” 

Eoin acrescenta: “Trabalhamos de forma proativa com os clientes para garantir a otimização de sua unidade e o ROI. De fato, nesse projeto tivemos uma explicação muito sucinta do retorno sobre o investimento, e a Hawaiian Cement poderá recuperar esse custo em um período muito breve. Esperamos que os resultados positivos observados na empresa até agora continuem a ser alcançados. A Hawaiian Cement é mais que um cliente para nós. Sean e sua equipe são nossos parceiros, e sempre continuaremos a apoiá-los.” 

Com a unidade totalmente operacional e fabricando novos produtos de qualidade, a equipe da Hawaiian Cement está ansiosa para não só abastecer seus clientes e aplicações existentes, mas também explorar novos mercados e oportunidades. No momento, a empresa está fornecendo concreto pronto para vários projetos governamentais, privados e comerciais, incluindo o projeto de Veículos Leves sobre Trilhos de Honolulu, arranha-céus, e proprietários de imóveis, além de fornecer materiais de enchimento transformados e não transformados, associados aos canteiros de obras. A nova unidade trouxe novas oportunidades, e a Hawaiian Cement acabará por colher seus benefícios. 

Nossos Projetos